O burro e o poço

Um dia o burro de um camponês caiu num poço. O animal zurrou, insistentemente, durante horas, enquanto o dono tentava descobrir, esforçadamente, mas sem êxito, alguma forma de conseguir tirá-lo de lá.

Finalmente o camponês desistiu dos seus esforços infrutíferos e decidiu que, dado que o animal já estava velho, o poço estava seco e a necessitar de ser tapado, realmente não valia a pena resgatar o burro e o melhor seria mesmo soterrá-lo.

Convidou os seus vizinhos para que viessem ajudá-lo. Todos pegaram nas suas pás e começaram a lançar terra ao poço. O burro deu-se conta do que estava a passar-se e chorou (zurrou), desconsoladamente.

Logo, para surpresa geral, o burro deixou de zurrar. Depois de mais umas quantas pazadas de terra, o camponês espreitou, finalmente, para o fundo do poço e surpreendeu-se com o que via… Com cada pazada de terra, o burro estava a fazer algo incrível.

Sacudia-se da terra e dava um passo para cima… Enquanto os vizinhos iam lançando mais e mais terra para cima do animal, ele ia-se sacudindo e lá ia subindo, pazada a pazada!…

Depressa todos puderam surpreender-se como o burro chegou até à boca do poço, passou por cima do bordo e saiu a trotar, alegremente.

A vida também vai atirar-te terra, todo o tipo de terra… O truque para saíres desse poço é sacudires-te e dar um pequeno passo acima. Cada um dos nossos problemas pode se assim quiser ajudar a subir mais um degrau no nosso crescimento pessoal.

Recorda as seis regras para se ser feliz:

  1. Libertar o coração de ódio;
  2. Libertar a cabeça de preocupações;
  3. Acreditar que amanhã será melhor;
  4. Viver com sinceridade;
  5. Dar más atenção aos outros;
  6. Nunca esperar recompensas…

Faz o download do power point em baixo.